É possível prever uma cheia?

A previsão das cheias permite que as pessoas se protejam  com a antecedência necessária.

Ciclone - imagem de satélite

Ciclone - imagem de satélite

O Instituto de Meteorologia desempanha um papel importante ao nível da previsão das cheias. Por outro lado, recebe dados dos satélites meteorológicos que permitem acompanhar  a evolução das formações nebulosas capazes de originar precipitações abundantes. Por outro, vigia aqueles sistemas nebulosos por meio de uma rede de radares. Deste modo, sempre que se prevêm precipitações abundantes que possam originar cheias, capazes de pôr em perigo as pessoas, os animais e os bens, são enviados alertas, quer para as instituições competentes (Protecção Civil, Câmaras, Governos Civis) quer para as populações que podem ser afectadas.

Os níveis de água dos rios, bem como as descargas das barragens, também devem ser, permanentemente, vigiados. Devem, ainda, ser criadas infra-estruturas de controlo de cheias (diques, muros de contenção, represas reguladoras, barragens).

 

Adaptado de:

  • Manuela Proença e Matilde Martins,  Meio Natural / Geografia, 3.º Ciclo, Plátano Editora
  • Cristina Domingos, Jorge Lemos e Telma Canavilhas, Meio Natural – Tema 2 / Geografia, 7.º Ano, Plátano Editora

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: